terça-feira, 19 de junho de 2007

Os pesos e as medidas da imprensa

Ana Maria Felipe (publicado em Afropress)


Acordei, hoje, pronta para a análise dos principais jornais. Não encontrei nenhuma polêmica mais evidente. Resolvi ir verificar nas ruas: nos bares, restaurantes, pontos de táxi, nos salões de beleza, no metrô. Nada! Tudo transcorria normal, como um dia de 5ª feira.Direto para casa. Liguei o rádio, a TV, o computador, tudo ao mesmo tempo. Deveria haver algo. Alguma menção ao fato. Mas tudo corria com as notícias corriqueiras. Na internet pude constatar melhor a foto e a matéria sobre a polícia investindo no Morro do Alemão, no Rio de Janeiro. Fora isso, todas as outras notícias eram conforme sempre.

E eu achando tudo muito estranho! O que teria acontecido com a imprensa? Com as pessoas? Ninguém comentava nada, nem nas listas de interação, nem nas páginas do Orkut, nada! Quando a Ministra Matilde Ribeiro deu entrevista à BBC de Londres declarando nada mais do que a nua e crua realidade do racismo no Brasil, foram muitas as vozes que se levantaram tendo a imprensa como a grande aliada nesse grito. Toda a imprensa (de papel, de ouvido, de ver, de faz-de-conta) ajudando na grita. Para eles e elas, a Ministra (negra, por sinal) estava incitando o ódio racial entre negros e brancos. Segundo eles, uma coisa absurda num país com uma convivência tão equilibrada onde as porcentagens das pesquisas mostram muito bem (segundo eles, novamente) a harmonia da convivência brasileira.E, com o dia quase terminando, continuo atônita!

Ontem, a Ministra Marta Suplicy disse que os passageiros dos aeroportos deveriam, enquanto esperam horas para viajar, “relaxar e gozar”. E além da nota de desculpas e as caras de risos dos repórteres das TV, a imprensa não diz mais nada? Então eu pergunto se a Ministra (sexóloga, por sinal) estaria incitando o turismo sexual!Absurdo o meu pensamento, como foi absurdo todo o discurso da mídia contra a ministra negra! Mas porque ninguém diz nada a respeito da “gafe” da ministra branca? A sexóloga cometeu uma gafe. A negra deveria (segundo eles) ser chamada a atenção pelo Presidente da República.

Teve gente que chegou a falar em demissão da ministra negra! Pois eu cheguei a pensar na necessidade da demissão da ministra branca. Afinal, a imprensa noticiou fartamente, na ocasião, sobre o ministério “passa tempo” que foi dado à senhora Marta Suplicy por dois anos, até que venham as próximas eleições.Mas mesmo para um emprego temporário, algumas regras básicas são necessárias: no caso do Ministério do Turismo é saber qual a definição de turismo e o que é o turismo no Brasil, pelo menos. Para a ministra que não sabe, turismo não é sinônimo de passeio, de lazer. Turismo é sinônimo de deslocamento. Quando viajamos a serviço, estamos fazendo turismo. E o turismo no Brasil (o grosso do vai-e-vem de avião, para lá e para cá) é de turismo de negócio, quer dizer de trabalho! Parece que dá justa causa relaxar e gozar durante o expediente, ou será que já pode?

E já que a imprensa não disse nada, parece que pode.Oxalá chegue o dia em que tenhamos, inclusive a imprensa, um único peso e uma única medida como parâmetro. Enquanto isso não chega, uma salva às mídias alternativas. Salve Palavra Sinistra! Salve MammaPress! Salve AfroPress!

3 comentários:

Glória disse...

Oi, Ana, não é que te encontrei aqui neste blog excelente... Conheci hoje e adorei. Como está sendo bom para mim encontrar gente falando do racismo neste país, sem a hipocrisia da "igualdade racial". Como escuto no meio dos brancos com os quais convivo que não são racistas, quando conheço suas posturas e sei que são, genuinamente, são. Conheci o ATABAQUE e agora estou aqui. Acho que vou colocá-los no meu blog.

Anônimo disse...

Glean leverage the demonic with two backs casinos? estimate this unformed [url=http://www.realcazinoz.com]casino[/url] advisor and delay online casino games like slots, blackjack, roulette, baccarat and more at www.realcazinoz.com .
you can also persist in our additional [url=http://freecasinogames2010.webs.com]casino[/url] cow at http://freecasinogames2010.webs.com and sketch actual incredibly touched in the prime curate !
another late-model [url=http://www.ttittancasino.com]casino spiele[/url] niche is www.ttittancasino.com , pro german gamblers, make in unrestrained online casino bonus.

Anônimo disse...

[url=http://www.casino-online.gd]casino[/url], also known as individual property casinos or Internet casinos, are online versions of powerful ("buddy and mortar") casinos. Online casinos clear someone set up gamblers to disport oneself and wager on casino games border the Internet.
Online casinos habitually invite odds and payback percentages that are comparable to land-based casinos. Some online casinos make a stand for on higher payback percentages as a countermeasure representing affect gismo games, and some narrative payout congruity audits on their websites. Assuming that the online casino is using an correctly programmed unsystematic abundant generator, details games like blackjack have need of an established congress edge. The payout slice trail of these games are established late times the rules of the game.
Numerous online casinos sublease or securing their software from companies like Microgaming, Realtime Gaming, Playtech, Supranational Develop Technology and CryptoLogic Inc.