quarta-feira, 13 de junho de 2007

A estatura moral de FHC

Nos anos de 1970 o humorista Juca Chaves saiu preso de um teatro quando, num show perguntou como se media um burro. Ele mesmo respondeu e disse: mede-se de cima a baixo. O trocadilho com o nome do presidente Médici custou-lhe a cana e talvez umas bordoadas da ditadura que mandava e desmandava nesse país antigamente.

Falo disso agora porque essa semana me lembrei de um expressão que se usava alguns anos atrás quando alguém para se referir a uma pessoa muito séria e ética, dizia que esta pessoa tinha “estatura moral”.
De um tempo pra cá a expressão caiu em desuso. No entanto eu gostaria de resgatá-la da pior forma possível. Nessa semana o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso bradou nos meios de comunicação que o país precisava resgatar a decência. No que pergunto: como se mede a estatura moral de FHC para proclamar tal coisa?

Se nos lembrarmos de todos os escândalos da era FHC (e este blog listou alguns deles no ano passado) veremos que o ex-presidente prestaria um grande serviço ao país e a si próprio se permanecesse calado, na dele, destilando sua verborragia para aqueles que estão dispostos a pagar para ouvi-lo.
Fora isso, como ele mesmo gostava de dizer, é tudo nhenhenhem!!

Um comentário:

Anônimo disse...

depois de promulgada a constituiçao e ver-se na pratica para os politicos tudo que venha do povo é nhem nhem por isso sua estatura moral